Terça-feira, 26 de Junho de 2007

Česká republika (2)

A República Checa tem, tal como a Bélgica, e ao contrário de Portugal, grandes cervejas (super bockers deste mundo, podem mandar os insultos pró e-mail que está acima; vá lá, desabafem e protejam a honra nacional - afinal são sempre quatro ou cinco ou seis anos de universidade a cantar à "melhor cerveja do mundo").
Na República Checa a cerveja tem história, tradição e muito presente. Toda a gente a bebe e a romaria começa logo pela manhã. Além do fabrico caseiro que continua a ser realizado, são inúmeras as marcas de cerveja, de todas as cores e para todos os gostos, principalmente na região da Boémia (a norte, junto à Alemanha). Depois há ainda a cidade de Pilsen, que dá nome a um bem popular tipo de cerveja.

Aqui ficam algumas coisas que se deve saber para se sobreviver neste país:

Pilsner Urquell
Como o nome indica, trata-se de uma pilsner e é feita na cidade com o mesmo nome - aliás, esta é mesmo a "descendente" da original. É absolutamente fabulosa: muita espuma, loira e leve q.b. É a cerveja checa por excelência. De longe, a minha preferida. Pode beber-se até 15 por noite (mais não, faz mal).
 
Gambrinus
Outra pilsener, mais leve que a Pilsener Urquell, com menos gás, muito suave e saborosa. Uma grande surpresa. Perfeitamente seguro beber até 18 por noite.

Barril
Prefiram sempre cerveja de barril em relação à de garrafa (ao contrário do que acontece na maioria dos sítios em Portugal, onde os empregados não  a sabem tirar e a cerveja azeda nos barris). Usa-se sempre copos (por vezes canecas) grandes (0,5 l, por regra) e pensados para a cerveja muito espumosa como a checa.

Pilsen (ou Plzen)
É uma cidade checa, da Boémia, que dá o nome a um estilo de cerveja – as pilsener. Este tipo de fermentação da cerveja ficou popular na República Checa e Alemanha (e noutros países, Portugal incluído) por originar uma cerveja de cor muito clara e loira, ao contrário das cervejas escuras que se faziam na altura.
 
Budweiser
É provavelmente a cerveja checa mais popular no exterior. Em Portugal, facilmente se encontra na generalidade dos hipermercados (pelo menos no Modelo que frequento há sempre). Também conhecida por Budwar, ou Budweiser Budwar, devido à disputa com a americana Budweiser (agora também conhecida por somente “Bud”). Os checos alegam que, apesar da Budweiser americana ser um pouco anterior (ambas do século XIX), o nome Budweiser deriva da cidade da Budejovice (ou Budweis, em alemão), daí a sua legitimidade em usa-lo.  É uma cerveja mais forte que a Pilsner Urquell pelo que aconselho a parar pela décima quarta. A sério, não abusem.
radiomafia às 13:17
link do post | comentar
3 comentários:
De Clara a 26 de Junho de 2007 às 23:14
E as fotos? Eu quero é ver as fotos ;)
De Rosa a 27 de Junho de 2007 às 09:25
Hahahahahaha, tanta moderação! Curiosidade: Gambrinus é o nome de um dos restaurantes/cervejarias mais conceituados de Lisboa.
Admiro a tua coerência; por mim, tanto gosto de uma caneca de boa Pils como de um pint de Guiness como de uma "mine" super bock. É uma questão de estado de espírito... e de estado do estômago!
De ivan a 27 de Junho de 2007 às 14:42
por acaso nem gosto de superbock, a sagres é bem melhor!

e sou do norte!
a superbock anda sem sabor nenhum.... só tem é bastante alcóol.

comentar

mais sobre mim


ver perfil

. 2 seguidores

Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

pesquisar

posts recentes

Polanski

fun is back

Fantas

não voltará a acontecer

there will be blood

sex out of the city

championship manager

Dakar

UFO

mozilla

arquivos

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

links

Add to Technorati Favorites
blogs SAPO

subscrever feeds