Quinta-feira, 30 de Novembro de 2006

common people

 

Are you sure you want to live like common people,
you want to see whatever common people see,
you want to sleep with common people,
you want to sleep with common people,
like me.

 

Common People, Pulp 
Different Class, 1995

radiomafia às 12:33
link do post | comentar
Sexta-feira, 24 de Novembro de 2006

caudilhismo e populismo (3)

Ver o canal público venezuelano de televisão (Venezolana de Televisión) é um privilégio que na Argentina é possível (adenda: descobri que em Portugal também, via net - ver aqui). A Venezuela em campanha eleitoral oferece a melhor TV e o melhor entertainer do mundo. Perdão, a Republica Boliviana da Venezuela. Percam uns minutos por lá- estou certo que vão ser brindados com algo nunca visto. Verdadeiramente hilariante.

 

Ditaduras militares no Brasil (o regime que se dedicava a torturar opositores e a desenhar cidades) e Argentina (lançar pessoas ar mar desde avião era o hobby) entre os anos 60’ e 80’. Pinochet no Chile (ditador com diversos passatempos - desmantelar os comboios no país, muito perigosos para o regime, o mais divertido), Fidel em Cuba (este ainda brinca); agora também Morales na Bolívia (o amigo dos produtores “tradicionais” de coca), Daniel Ortega na Nicarágua (futuro-ex-sandinista) e - o de mais divertido de todos - Chavez na Venezuela (apresentador de TV). Pobre América Latina onde ditadores e populistas teimam em governar.

 

A edição desta semana da revista brasileira Veja (infelizmente, artigo indisponível para não assinantes) faz um retrato tão lúcido quanto triste de “como o populismo está a apagar a América Latina do mapa”. Mostra como a Ásia tem ganho e a América Latina tem perdido, graças ao populismo e a más políticas económicas. Descreve uma manifestação recente em Lima, Peru, “contra a tecnologia e o investimento estrangeiro”. A revista intitula o artigo de “A nova Africa?”*.

 

 

 

* Na verdade já existe um país “africano” na América Latina - chama-se Haiti.

 

radiomafia às 12:15
link do post | comentar

caudilhismo e populismo (2)

P. diz-me que ainda hoje há muita gente a adorar os Peron. Há poucos meses houve mesmo porrada forte entre funcionários de sindicatos para escolher quem iria participar na transladação do corpo de Peron. Principalmente, adoram Evita - a mulher do presidente, que, defendem muitos, tinha o verdadeiro poder e comandava o país.

Pergunto porquê - afinal, hoje sabe-se que Eva Peron teve das maiores colecções de jóias e ouro do mundo. P. refere-me que ela tinha algo de especial, era populista pois claro, mas o povo identificava-se com ela: era a pobre que ascendeu socialmente, uma espécie de esperança da nação. Além disso, Evita era a amiga, distribuía em mão dinheiro às pessoas que diariamente formavam filas à porta do palácio. P. lembra-se de quando, em criança, como italiano recém imigrado na Argentina, recebeu em casa um cabaz com produtos de Natal e presentes – acompanhado de um cartão com um “Bienvenido a Argentina. Eva Peron”.

Hoje o peronismo continua. Há muitos políticos que o seguem e diz-se mesmo que o actual presidente é um peronista, ainda que não assumido. No centro de Buenos Aires, frente ao edifício do congresso, encontro uma concentração de um grupo da “juventud peronista”. São poucos, não mais de 30. Tento perceber quem realmente são, o que pensam e principalmente que fazem ali com t-shirts e bandeiras com o rosto de Eva e com a inscrição "Evita Capital" - que querem afinal? Os cigarros servem para iniciar a conversa, mas rapidamente eles preferem falar do estranho de eu não ser brasileiro.

radiomafia às 12:14
link do post | comentar

no llores por mi argentina

radiomafia às 10:43
link do post | comentar
Quinta-feira, 23 de Novembro de 2006

buenos aires

O centro de Buenos Aires situa-se em Madrid. Não perceber isso é não perceber nada de Geografia.
radiomafia às 17:42
link do post | comentar

buenos aires

Av. 9 Julio, Buenos Aires, 2006.

Uma manifestação ofereceu-me uma coisa única: ter a grande avenida 9 Julio, centro cultural e económico de Buenos Aires, sem automóveis por uns minutos. Esta avenida, que dizem por cá ser a mais larga do mundo, tem uma estrutura transversal de passeio + 3 faixas Sul Norte + jardim + 7 faixas Sul Norte + 7 faixas Norte Sul + jardim + 3 faixas Norte Sul + passeio. A dado momento, surge um prédio de habitação bem do meio das faixas de rodagem. Cabe e nem perturba muito.

radiomafia às 12:07
link do post | comentar | ver comentários (1)
Quinta-feira, 16 de Novembro de 2006

argentinas

R. garante-me que a Argentina é mais interessante que o Chile porque as argentinas são muito mais interessantes que  as chilenas. Pelo menos em parte dou-lhe toda a razão.

radiomafia às 10:50
link do post | comentar

argentinos

P., italiano, diz-me que o povo argentino basicamente são italianos que gostavam de ser franceses mas que se portam como os ingleses quando saem à noite.

“São como nós!”, remata. “Como nós??”, fico a pensar.

 

radiomafia às 10:48
link do post | comentar
Quarta-feira, 15 de Novembro de 2006

ruta 40

Atravessa de norte a sul a Argentina, 4700 km entre Abra Pampa e Rio Gallegos. Do norte deserto à Patagónia e ao gelo, sempre paralela à cordilheira dos Andes. Assume diversas tipologias, de auto-estrada a caminho “en suelo natural”. Vai desde quase o nível do mar, perto de grandes lagos, até cerca de 5000 m. de altitude. Serve também o povo chileno quando este pretende deslocar-se ao sul da Patagónia chilena (não há estradas em diversos territórios no sul do Chile, obrigando-o a atravessar a fronteira para o lado Argentino).

Fiz a Ruta 40 em cerca de 150 km – à minha direita, sempre os Andes e a neve; à minha esquerda, a imensa planura semi-desertica argentina. É a estrada mais bonita do mundo. Não estou a exagerar.

radiomafia às 10:46
link do post | comentar

andes

Andes, Fronteira Chile- Argentina, 2006.

radiomafia às 09:38
link do post | comentar | ver comentários (1)
Terça-feira, 14 de Novembro de 2006

caudilhismo e populismo

 

 

Senado Chileno. Valparaiso, Chile, 2006.

 

F. refere-me que aquele edifício de arquitectura moderna e sobredimensionada para o local é o actual senado chileno. Pinochet transferiu o senado nos anos 80’ para Valparaiso – “ali, fora de Santiago, os senadores não incomodavam tanto”.

O edifício tem a forma geométrica de um A. De Augusto.

 

radiomafia às 10:43
link do post | comentar

limite de velocidade

Em Viña del Mar, Chile, o rio no Verão corre seco. Tão seco, que bastam uns 3 metros junto à margem direita para toda a água se deslocar para o Pacifico. O restante leito do rio é aproveitado pelos automobilistas que por ali circulam e estacionam. O piso é obviamente em terra e areia. Mas não faltam lá os sinais de trânsito. 

radiomafia às 10:39
link do post | comentar

pacífico

Valparaiso, Chile, 2006.

radiomafia às 09:19
link do post | comentar
Segunda-feira, 13 de Novembro de 2006

triband

Parece o nome de uma qualquer boys band , mas é a razão porque o meu telemóvel não funciona. (já agora, desculpem se eu não responder a sms e essas coisas - o tlm não me obedece).

radiomafia às 20:06
link do post | comentar

aquecimento global

Ontem, 31 graus. Hoje, um pouco mais fresco, ainda assim estao 29. Este novembro pôs-se muito quente de repente. 
radiomafia às 20:03
link do post | comentar

de costa de costa

Acordar junto ao Atlântico, frente ao magnifico rio della plata - sim, esse que da o nome ao mítico  River Plate. Do outro, estava então o Uruguai. Agora, frente aos meus olhos vejo a chegado de grandes navios e o oceano Pacifico. Pelo meio, sobrevoar os Andes e perceber porque os espanhóis nunca os conseguiram atravessar - colonizar sim mas pelo norte, contornando-os. A Geografia importa.   

radiomafia às 19:57
link do post | comentar

saudades da pangea

Porto - Lisboa - Rio de Janeiro - Buenos Aires. Depois, Buenos Aires - Santiago do Chile. Sempre pelo ar. Tenho a certeza que isto dantes era bem mais fácil.  

radiomafia às 19:54
link do post | comentar | ver comentários (1)
Sexta-feira, 3 de Novembro de 2006

de pernas no ar

Ter o nome em programas para o mesmo dia mas em hemisférios diferentes torna fácil a escolha.    
radiomafia às 19:38
link do post | comentar | ver comentários (1)

mais sobre mim


ver perfil

. 2 seguidores

Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

pesquisar

posts recentes

Polanski

fun is back

Fantas

não voltará a acontecer

there will be blood

sex out of the city

championship manager

Dakar

UFO

mozilla

arquivos

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

links

Add to Technorati Favorites
blogs SAPO

subscrever feeds