Domingo, 14 de Maio de 2006

a cidade da ponte sobre o rio

Dublin já não é somente a cidade onde a produção e consumo da Guinness dista um simples atravessar de rua. Nem a cidade dos escritores – embora estes nunca a abandonem, e lá está Joyce, bem do centro da cidade, num metal escurecido, Beckett a celebrar o aniversário, e Oscar Wild em bandeiras de promoção da comunidade gay.

Dublin não é mais a cidade onde chove todos os dias. Dublin deixou de ser também a cidade industrial, apesar de circular, bem no centro da cidade, um camião a cada minuto. Também não é somente uma simples cidade britânica. É cosmopolita e na rua fala-se chinês e polaco.

Dublin deixou de ser a cidade folk e roqueira, onde no temple bar se canta dirty old town e muita britpop. Dublin não é a cidade onde se bebe desavergonhadamente cerveja.

Dublin hoje é essencialmente dinheiro. Cheira a dinheiro naquelas ruas. Cheira a sucesso. É a nova terra das oportunidades. É o local para onde imigram jovens e belas economistas suecas. É a capital de um país que ninguém levava a sério e hoje tem indicadores económicos melhores que - suprema ironia - o Reino Unido. E que a Alemanha.

Na city cruzam-se homens de negócios com hippies que tocam tambores.

Dublin é um a caso de sucesso da globalização.

radiomafia às 15:30
link | comentar

mais sobre mim


ver perfil

. 2 seguidores

Abril 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

pesquisar

posts recentes

Polanski

fun is back

Fantas

não voltará a acontecer

there will be blood

sex out of the city

championship manager

Dakar

UFO

mozilla

arquivos

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

links

blogs SAPO

subscrever feeds